2008/01/20

Como convencer sua esposa a fazer swing...

...ou "Você quer mesmo convencer sua esposa a entrar para o mundo do swing?"

Já recebi e-mails, scraps e o cacete a 4 pedindo dicas de como convencer minha mulher a fazer swing. (minha mulher não, a deles) Antes de pensar em como convencer sua mulher a fazer swing, acho que seria muito importante você pensar se você quer fazer swing.

Tenha em mente que a maioria dos homens que consegue convencer sua mulher a entrar pro mundo do swing acaba surpreso com a, digamos, performance da sua esposa. Normalmente elas surpreendem e se mostram mais safadas e dadas do que você gostaria. Vocâ pode acabar transformando sua mulherzinha comportada em uma safada MESMO. É bom ter certeza de que pode lidar com isto. Então, amigo, pensa bem.


Um pequeno relato (não é meu), pra ter idéia do que pode acontecer:

" Então era sábado e resolvemos ir àquela boate de swing. Começamos a beber em casa pra entrar no clima. Música alta, brincadeiras safadas no banho, ficar imaginando o que pode acontecer. Claro, já combinamos que só vamos conhecer as pessoas, ver como é uma casa de swing. Nada de sexo, nada de beijo na boca. No máximo dançar próximo aos outros casais, uma conversa picante, ver alguma atividade mais animada. Iniciantes.

Chegamos na boate lá por 23h, pedimos uma bebidinha. A música fica mais alta, alguns casais interessantes, papinho aqui, ali...

Pouco tempo depois a música está mais alta, tum, tum, tum, a bebida mais alta na cabeça, e duas mulheres começar a dançar juntinhas, passando a mão uma na outra, de forma sensual. Alguns casais param, ficam olhando, comentam. E eu penso que sorte a minha, tem gente que morre e não vê isso.

Mais um pouco e estas mulheres, que eram duas já são quatro e uma delas puxa a minha mulher, que vai se juntar ao trenzinho, que agora dança descendo até o chão. Algumas já se beijam na boca, e as mãos começaam a ficar mais abusadas, entrando por debaixo das saias, na bunda, nos peitinhos... e eu comento com o cara ao lado, cuja mulher também está no trenzinho: que sorte a nossa, tem gente que morre e não vê isso.

Mais música, mais bebidinhas, as moças já estão todas se beijando. Umas 7, 8 mulheres lindas trocando de parceiras bem ali na sua frente. Os marmanjos olhando, se chegando, se chegando. Uma mulher puxa o marido de outra, entra na festa, eu nem sei como, já estou dançando no meio delas. Um olho na mulher à minha frente, outro na minha mulher que começa a beijar uma loura deliciosa. . Minha mulher está beijando uma mulher!!! Nem dá tempo de acompanhar, a gata à minha frente se insinua, chega mais perto, eu não aguento e começo a beijá-la. Beijo de língua, pegada forte, meu Deus estou beijando outra mulher! Agarro com força, passo a mão na bunda (ótima), ela adora, rebola, empina... A adrenalina corre, fico preocupado, será que minha mulher vai ficar puta, onde ela está? Procuro rapidamente e ela está... (puta) Agarrada com o marido da outra. Agora a brincadeira ficou mais séria minha mulher está agarrada com outro homem, beijando com força, ele enfiando a mão por debaixo da saia dela... Uma mistura de ciúmes e tesão, tudo confunde... A música bate tum, tum, tum meu coração bate rápido tum, tum, tum, e a gata que estava beijando agora oferece os peitinhos, lindos, ao alcance da boca. Ela mesma afastou o vestido, seios à mostra. Começo a beijá-los, mais tesão, onde está minha mulher? Por segundos ela some de vista, me preocupo, não foi isso que combinamos, mas a gostosa à minha frente não dá folga, outro beijo enfia a língua em minha boca, a mão entrando por dentro da calça.... Minha mulher sumiu, onde estará?

Olha ao lado, lá no fundo da boate, minha mulher deitada em uma mesa, pernas pra cima, o marmanjo caindo de boca. No meio da boate, uma rodinha se formando. E está lá, minha mulher adorando, com cara de tesão, sendo chupada por outro. A música alta não me impede de ouvir os gemidos dela, parece que ela nunca gemeu assim comigo!

Puxa pela mão. Vamos embora deste lugar. Sai rápido, paga rápido, vamos pra casa. A volta é constrangedora, ninguém sabe o que dizer. Não sabemos o que fizemos, não sabemos...

É preciso dormir, conversar amanhã. Mas é preciso antes, sexo. A imagem do cara chupando minha mulher me persegue mas ao mesmo tempo provoca, da tesão. Fazemos sexo a noite toda e, por fiom, adormecemos. Acordamos já de tarde, mais um pouco de sexo: "sua safada, levando linguada do cara!" "Seu safado, pensa que eu não vi você chupando os peitinhos da mulher dele?"

Só na noite de domingo que conseguimos parar pra realmente conversar e tentar entender o que aconteceu. É normal? Vamos fazer novamente? Vamos conseguir viver sem? Onde isso vai parar?

A minha mulher, sendo chupada por outro em cima da mesa da boate? Como isso é possível, como foi que chegamos até aqui?"

E aí, meu amigo, aí é que você vê... Essa coisa de swing é meso muito complicada. Pensa bem antes de se meter nisso, pensa bem. Isso é coisa pra gente grande, é esporte radical.

Você quer saltar de pára-quedas todo final de semana? Ótimo, vai sentir emoção, vertigem, adrenalina. Mas fica preparado: um dia o pára-quedas não vai abrir. Melhor ter o de reserva sempre à mão. Uma hora vai dar errado, pode ter certeza.

É bom estar com a cabeça bem no lugar.

18 comentários:

Sheikh disse...

Cara e ai..... sempre penso no que vc disse nesse post... e ai.. sera??... fico sempre com uma dúvida se eu aguentaria ver essa cena... gostaria de entrar no mundo do swing... mais não sei se aguento ver minha mulher com outro... Gostaria de ser um "Sheikh"... várias mulheres... mais todas minhas...

Aquele q estava chupando o peitinho disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Amelie e Beto disse...

Sheikh,

Como é sua mulher? Dependendo de como for eu e Amelie podemos lhe ajudar nessa de ver sua mulher com outro (a). rsrsrs

Olha, falando sério, é uma coisa complicada mesmo. Mas vale a pena, pra quem está preparado.

Hum... Vale a pena pra quem não está preparado pro swing, também. Só que a porrada é maior.

Casal Sedução RJ disse...

Querido Casal Beto e Amelie,

Parabéns pelo blog, temas, textos, etc.

Sempre que sobra um tempinho venho aqui ler, este texto por exemplo ficou ótimo. Da até vontade de copiar e colar lá no meu site, para os iniciantes lerem, rsss.

Nesses 4 anos de Swing e 2 anos de promoters... nossa vi e já ouvi cada coisa, em pensar "que tem gente que morre e não vê isso", rsss.

Beijos trocados,

Elias e Rosana.

Sol disse...

Olá lindos

Adorei o post, muiiiito legal.
É isso aí, para entrar no mundo swing precisa-se ter muita certeza do que sente e do que quer.
Veja um post meu que se chama Qdo a esposa despiroca
Beijocas e parabéns pelo nível do blog

Sol disse...

olá Queridos
o Link para o texto que tem mais ou menos a ver com seu texto é http://oblogdasol.blogspot.com/2007/06/quando-esposa-despiroca-na-casa-de.html

Beijocas

Amelie e Beto disse...

Obrigado, Sol!

Fiquei um tempão pra achar este excelente post!!!

Casal MM disse...

Caramba, este testo é sensacional, exemplifica e ..."explica" pra muita gente o que pode ser essa experiência, agora fica à cargo de quem quiser, verificar os seus próprios resultados e por que não dizer: risco
Só uma coisa pessoal, não esqueçam o para quedas sobressalente!

Anônimo disse...

Olha eu acho que para um casal entrar neste mundo deve haver um consensu. Eu por exemplo não tenho certeza se realmente quero minha mulher dentro mas confesso que acharia bem interessante um dia ir apenas olhar.

Ja entramos em chats e em webcam ela olhar o pau dos outros caras ate ae por mim td bem pois nos ajudar mais na confiança um no outro.

Falei que se ela quiser pode entrar olhar sem problemas desde que seja sincera comigo.

Anônimo disse...

Bom, pessoal é de fato um esporte para atletas mesmo...já estamos neste meio Há uns 6 anos...já fizemos muita putaria juntos..e também muito desentendimento que sempre acaba numa outra festa swing...vir aum vício não dá para parar...só quando o paraquedas não abrir mesmo.

···¤(`×[¤Neninha¤]×´)¤·· disse...

Parabéns pelo post e pelo blog, achei ele hoje e estou adorando todos os textos, muito divertido e gostoso de ler.

Estou tirando várias dúvidas.

Beijos

Irene

Anônimo disse...

Tem gente que morre e não vê isso...

Cafofo do Ozama disse...

Eu acho o autor extremamente egoista. Ele pode cair de boca na mulher dos outros e ninguem pode chegar perto da precheca da mulher dele? Se e lberal, seja 100%, nao somente de palavras. E mais facil um homem se perder num casamento por causa do menage do qu uma mulher.

Jhon disse...

Putzz...
Mergulhei fundo neste post! Até respirar fundo respirei, me imaginei no lugar do cara! uffa que aflição, uma gata deliciosa te querendo vc querendo ela e a cabeça pensado e ainda porcima VENDO sua mulher com outro.... Uffa que MONTANHA RUSSA em!? não sei se tenho tanto folego!
Abço. PARABÉNS!!!

Amelie e Beto disse...

Ozama... Não sei se é egoismo... A vida de swinger não é fácil, mais fácil é julgar de fora.

Jhon, montanha russa, mesmo. Tem que ter estômago. Tem dia que a coisa não vai bem, mas tem dia que vaaaiii...

Casal liberal de jundiai. disse...

Olha, eu me considero um cara liberal. Sempre amei muito minha mulher mas não tenho ciumes não.
Sempre admirei o mundo liberal, mas nunca tive coragem de falar pra ela, até este ano. Ela não concordou, mas acredito que aos poucos vou convencê-la.
Convidei-a para ir ao casa blanca, mas inda não disse do que se trata, disse apenas que é uma choperia, mas conforme for chegando a data ( que au acredito ser em novembro), vou contando aos poucos de forma sutil, e se ela não quiser mesmo, ai cancelamos.
Eu me imaginei na sutuação descrita no post e confesso que fiquei muito empolgado e adoraria todas as situações. Acho que nasci para isso mesmo, mas para ter certesa só depois que eu conseguir ir.
Gostaria de manter contato com casais que frequentam o casa blanca para que possamos nos conhecer e me ajudarem criar um clima para levarmos minha esposa, afinal seria muito mais facil com um casal conhecido que ja frequente o local.

Anônimo disse...

Adorei o poste, melhor do que de muito profissional do jornalismo (não sei sua profissão). Olha namoro há quase 7 anos, estou para noivar, já falei sobre minha fantasia de ménage feminino para minha namorada e ela concordou na comemoração do noivado realizar. Felizaço.

Mas eu quero muito é o swing. Chamei ela pra visitar uma casa que tem aqui em minha cidade, ela concordou, olhar, ver as outras pessoas, as apresentações que tem, enfim, conhecer. Mas, se é desse jeito que está neste post, vou começar a repensar rsrsrsrs, afinal, a idéia que nós temos é ir devagar, marca com um casal em específico num motel, pra ver se somos ou não para o swing.

De resto parabéns pelo blog, conheci agora. Vou fuçar pra ficar por dentro... ou por fora rsrsrsr. Abçs.

Anônimo disse...

Tenho muita vontade de praticar o swing com minha esposa, ja ate falamos a respeito mas ela sempre foi contra. Fizemos ate um acordo certa vez, ela foi se encontrar com um rapaz e eu iria me encontrar com outra. Ela foi mas eu nao, acabou nao rolando. Depois disso nao falamos mais a respeito.
Acho que vou morrer sem ver isto, rs rs rs rs.